26 de setembro de 2017

O bicho estranho


Eu estava caminhando por aquela cidade distante, desconhecida quando de repente olhei para uma praça e te vi. Só eu sei como foi bom te ver ali. Você estava tão lindo que era impossível não parar só para tirar algumas fotos. 

Naquela praça onde você estava, não havia nenhum morador da cidade para atrapalhar a minha brincadeira. Por isso, aproveitei para tirar algumas fotos e levar meus registros. Já que só as fotos não me foram suficientes, também peguei uma parte sua, que estava no chão e coloquei na minha bolsa. 

Depois, andei por muitos outros lugares até voltar para casa. Eu sempre trago alguns presentes nas viagens. Abri a bolsa e fui pegar os presentes. Olhei e vi algo estranho, diferente e que não conseguia reconhecer. 

Na mente só me veio uma resposta para aquilo: um bicho. Algum animal feioso havia entrado dentro da minha bolsa e eu não havia percebido. Senti medo, mas tive que jogar tudo sobre a cama para me livrar daquele bicho estranho.

Assim que todos os objetos estavam sobre a cama, percebi que o bicho, não era bicho. Era você, que havia se transformado e mudado de cor. Você que era de um amarelo tão lindo e intenso, estava preto, amassado e estranho. 

Eu tentei te levar para a minha casa, mas infelizmente só deu para trazer as fotos e as lembranças em minha mente. Você que era uma flor tão linda de ipê, chegou na minha casa parecendo uma barata morta.   


(Durante a minha última viagem, encontrei uma praça com um lindo ipê amarelo. Com tantas flores no chão, peguei uma para trazer para casa. Dentro da minha bolsa a flor perdeu a beleza e ficou parecendo uma barata. E esse fato me inspirou a escrever o texto de hoje).
  


Por hoje é só pessoal...
Beijinhos e até mais...

28 comentários:

  1. Ah que texto lindo, amei Adriana :D

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que textooooo, amei! As vezes as lembranças são o que realmente ficam e valem a pena levar pra sempre.

    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Na Natureza tudo tem um ciclo de vida, nascemos morremos, tal como a sua linda flor...
    xoxo
    Quer me seguir, eu sigo de volta...

    marisascloset.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Eu ia morrer de susto rs. Adoro Ipê, principalmente o amarelo <3
    Charme-se

    ResponderExcluir
  5. amo ipe amarelo, mas realmente as vezes colhemos flores que depois se estragam

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  6. Puxa, pena que estragou.

    Beijos
    http://www.pimentadeacucar.com

    ResponderExcluir
  7. Poxa, que chato, mas pelo menos deu para tirar algumas fotos!
    Um beijo grande e muito GORDO
    www.thaissgalbiero.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Ipê é uma árvore linda Adriana uma pena que a flor tenha muchado e escurecido!
    Beijoss
    http://www.silalmeida.com

    ResponderExcluir

Olá!! Muito obrigada pela sua visita...
Fique a vontade para fazer seus comentários e dar sugestões. Mas por favor, não utilize palavrões, ou qualquer tipo de preconceito e discriminação. Lembre-se trate as pessoas como você gostaria de ser tratado, com educação e respeito.
Deixe o link do seu blog ou outra forma de contato e assim que der, estarei lhe retribuindo, com minha visita.

Beijos e volte sempre !!!