20 de novembro de 2016

Motivos que me fizeram desistir do WhatsApp


Eu sempre gostei de internet, redes sociais e tudo que envolve esse mundo virtual. Fiz até um curso por amar computadores. Não tive bons professores e o curso não me trouxe o resultado que eu esperava. A única coisa boa daquele curso foi conhecer outras pessoas. 

No tempo onde todo mundo estava no Orkut, eu já tinha um perfil no Facebook. Eu tentava convencer os meus amigos a criar uma conta, mas ninguém me ouvia. Até que o Facebook virou uma febre e para mim não era mais novidade. O Facebook já foi algo muito mais divertido do que é hoje. 

Depois foi a vez do celular e seus aplicativos. Enquanto todo mundo achava que um certo aplicativo era novidade, eu já estava cansada dele. Para não parecer a chata que já sabe ou conhece os paranauês, ficava fingindo que aquilo era o máximo. 

Até que todo mundo descobriu o WhatsApp. Eu já não me interessava mais pelas novidades de aplicativos para celular, mas mesmo assim a minha irmã, baixou esse tal de WhatsApp no meu celular. Fiquei com ele apenas enfeitando a minha tela e ocupando memória do celular. 

Então, resolvi usar, só para ver qual era a graça naquilo. Que decepção. Alguns fatos me irritaram muito:

1- Algumas pessoas falavam nada e mais nada o dia todo. Era aquela conversa sem sentido e que demorava uma hora ou mais até ficar interessante. Eu não tenho tempo para perder com assuntos bobos.

2- Sempre tinha uma foto do mal. Era foto de animal sendo maltratado, piadas sem graça e que para mim não deveriam nem ser consideradas piadas. Eu não gosto dessas coisas. 

3- Os vídeos do mal também eram postados. Cada vídeo que é melhor não dar muitos detalhes para não ofender ninguém. Meus olhos não merecem ver bobagens. 

4- Era preciso viver com o celular na mão. Sempre tinha alguém que queria conversar e eu demorava muito tempo para responder. E isso já era motivo para discussão inútil. As vezes eu só visualizava, mas não respondia. Pronto, já era motivo para confusão. Eu lia, mas não estava com vontade de responder e as pessoas achavam mil coisas sobre mim. Não sou obrigada a responder imediatamente. 

5- Um novo idioma foi inventado. Tem gente que não sabe digitar com um celular, não tem dedos ágeis, não sabe desativar o corretor automático do celular, não sabe para que serve uma vírgula, não sabe ler e escrever mesmo. Então, eu era obrigada a descobrir o que estava escrito e por isso eu apenas visualizava e não respondia. Eu precisava pensar e interpretar aquelas palavras indecifráveis. 

6- Falar é uma arte para poucos. Para finalizar, os preguiçosos que não gostam de escrever, mandavam mensagem por voz. Só que ficavam cochichando, com medo de falar e soltar a voz. Falavam como se estivessem com uma melancia na boca.

Para não me estressar com essas situações, exclui o WhatsApp e me tornei um ser esquisito. Todo mundo me pede o tal do "Whats" e sempre respondo: não tenho. Sendo tão diferentona, tem aqueles que duvidam. (Se duvidar prepare-se por que estou armada com a minha resposta avassaladora. E não vou aceitar ninguém me dizendo que sou grossa. Não mandei duvidar de mim, agora aguenta). 

Como todos os meus amigos tem WhatsApp e eu não, sempre me sinto feliz quando digo que eu tenho blog e eles não. Ser diferente não é para qualquer um, não, meu amor. 



Por hoje é só pessoal....
Beijinhos e até mais...

18 comentários:

  1. Também detesto Whatsapp kkkk... pra mim ele serve pra quando a gente tem que falar alguma coisa importante pra alguém. Tipo, avisar que tá chegando... avisar que tá saindo... tirar uma dúvida de alguma coisa.

    Coisa rápida, entende ? E não pra bater papo como muita gente faz.

    Tem uma amiga minha que me dá bom dia e, assim que eu respondo ela começa a me mandar fotos, piadinhas... ai gente não dá. Aí se falo qualquer coisa ela quer entravar uma conversa que nunca termina.

    Não tenho paciência pra isso não.

    Beijo !

    | O Blog Que Não é Blog |

    | Julinha e os Vídeos - Canal do Youtube |

    | Cadastre-se no Clixsense e Ganhe por Clicar em Links |

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também acho que serve só para conversas bem rápidas. Bjus!

      Excluir
  2. Olá amiga Adriana, gostei da postagem - super explicita e bem aquilo que nunca me fez aderir a esta e outras aplicações.
    Resto de um bom domingo :)

    *XoXo
    Helena Primeira
    Helena Primeira Youtube
    Primeira Panos

    ResponderExcluir
  3. A very interesting post !!!
    We'll be in touch!!!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Adriana gostei do post. Eu tenho Whatsapp mas como se não tive só uso ele pra deixar recados importantes 😘 borboletando-emtudo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Respostas
    1. Não é fácil encontrar quem não goste. Bjus!

      Excluir
  6. qd eu me irrito mt n uso por um dois dias rs bjos http://anaherminiapaulino.blog.uol.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu me irritei e até exclui ele da minha vida. kkkk. Bjus!

      Excluir
  7. PESSOAS SEM WHATSAPP, UNI-VOS! hahaha

    SIM, tambémsou uma diferentona sem whats e amo muito isso. Muita gente me pede pra voltar, mas eu tô muito bem há um ano livre dessas amarras.
    Pior é quando ficam te controlando por causa do último horário de visualização (minha mãe vivia fazendo isso, por exemplo u.u).

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todo mundo acha estranho quem não tem. É muita cobrança só por causa de uma visualização. Bjus!

      Excluir

Olá!! Muito obrigada pela sua visita...
Fique a vontade para fazer seus comentários e dar sugestões. Mas por favor, não utilize palavrões, ou qualquer tipo de preconceito e discriminação. Lembre-se trate as pessoas como você gostaria de ser tratado, com educação e respeito.
Deixe o link do seu blog ou outra forma de contato e assim que der, estarei lhe retribuindo, com minha visita.

Beijos e volte sempre !!!