27 de setembro de 2016

Na frente da minha casa


Em mais um dia, acordei e fui me preparar para a minha caminhada. Era hora de tomar banho, colocar o tênis, preparar o café da manhã, arrumar o cabelo, dar uma olhada no celular... e lá se foram minutos preciosos que eu desperdicei. 

A minha saída de casa vai sendo adiada pela minha falta de atenção. Até que escuto um som que vem da rua. Fico feliz por ter esperado tanto tempo para sair ou senão eu poderia estar lá e sem saber o que fazer.

Fecho a casa e vou o mais rápido possível observar a rua. A minha curiosidade é grande. Escuto muitos passos e não gosto daqueles sons. Então olho pela abertura do portão e para a minha surpresa, parece que estou vendo um grande desfile. 

Todas as cores estavam presentes. Eram de todos os tamanhos. Desta vez vieram as mães, os pais, os filhos e as filhas. Caminhavam lentamente, observando a paisagem e gritando para se comunicarem entre si. 

Naquele momento percebi o quanto foi bom eu ter demorado tanto para sair. Se eu estivesse no meio da rua, iria me assustar, ficar com medo e sem saber o que fazer. Para a minha segurança, continuei dentro de casa só observando uma manada de vacas e bois passando na frente da minha casa. 


(Como perto da minha casa tem alguns sítios e fazendas é comum bois e vacas passarem pela minha rua. O meu medo é grande, mas me inspirei neles para escrever o texto de hoje).



Por hoje é só pessoal...
Beijinhos e até mais...

32 comentários:

  1. Oi minha flor
    nossa adorei o texto imagina eu tb tenho medo
    e demoraria para sair de casa tb nessa hora
    bjs

    MarilisDutra
    |http://marilisdasilvadutra.blogspot.com.br/|

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem que não sou a única que tem medo deles. kkkkk. Bjus!

      Excluir
  2. Muito bacana seu texto. As vezes acontecem coisas para nos atrasar que não entendemos na hora e muitas vezes até ficamos com raiva, só vamos entender depois.
    Boa terça-feira!
    Fica com Deus!
    Beijos!

    http://marifonseca21.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. All you say it's true,,very nice
    kisses for you
    New post

    ResponderExcluir
  4. Texto maravilhoso escreve muito bem,
    tenha uma semana abençoada, obrigado pela visita.
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir
  5. HAHAHAHAH que divertido! Pra você ver que tudo no cotidiano pode servir de inspiração pra escrever, né non?
    Mas porque você tem medo dos bichinhos? algum trauma? eu acho eles tão bonitinhos HAHAHA aloka

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles são grandes demais e me olham fixamente. Talvez tenho um trauma de infância. kkkk. Bjus!

      Excluir
  6. Oi Adriana que texto fofo amei, eu tinha muito medo de vacas rs , na verdade de levar uma carreira delas kkk!
    Ainda bem que você demorou a sair!
    Beijos
    http://detudoumpoucosil.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O meu medo é que elas corram pra cima de mim. kkkk.

      Excluir
  7. Boa noite querida,obrigada pela visita no meu blogue,sim,a Patrícia Teixeira tem uma voz muito poderosa e fantástica,quem me dera a mim também que ela sempre tenha imenso sucesso,pelo menos,os portugueses,parece que ela conquistou!! Beijinhos fofinhos!!

    ResponderExcluir
  8. Gosto dos seus textos que são vindos da realidade.
    Foi bom então ter desperdiçado um pouco do tempo rs.

    Beijos

    camilatuan.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem nada melhor que escrever com fatos da realidade. Bjus!

      Excluir
  9. Uma vez numa fazendo um bezerro me derrubou kk,também tenho um pouco de medo de vacas, quando eu morava no interior de são paulo também morava perto de fazendas e era comum as boiadas passando na frente da minha casa,agora moro em Goiás mas é mais no meio da cidade e do lado de uma universidade, então é mais comum ver as pessoas andando a cavalo na rua, mas boiadas não. kk

    http://artedeviver-be.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui tb tem pessoas andando de cavalo, mas o mais comum são as vacas. Bjus!

      Excluir
  10. Já passei por situação parecida no meu caso me encontrei de frente com os animais fiquei dura não conseguia me mexer a sorte foi um rapaz que me ajudou!!!
    Sempresaudavel.blogspot.com

    ResponderExcluir

Olá!! Muito obrigada pela sua visita...
Fique a vontade para fazer seus comentários e dar sugestões. Mas por favor, não utilize palavrões, ou qualquer tipo de preconceito e discriminação. Lembre-se trate as pessoas como você gostaria de ser tratado, com educação e respeito.
Deixe o link do seu blog ou outra forma de contato e assim que der, estarei lhe retribuindo, com minha visita.

Beijos e volte sempre !!!