13 de outubro de 2015

O seu brilho


Outro dia eu estava buscando informações sobre o clima e descobri algo sobre você que eu já sabia e que sempre me deixa assustada. Depois daquele dia, penso no que pode acontecer se ficar próximo de mim. 

Toda vez que estou em casa e te vejo, já fico com medo. Não conheço ninguém que tem esse tipo de medo, talvez eu seja a única a pensar em algo assim. Deve ser coisa de uma mente com muita imaginação. 

Não suporto ver o seu brilho. Pode até ser muito bonito em fotos, mas não quero te ver aqui por perto. Eu sinto sempre uma sensação ruim e não sei o que fazer para me sentir melhor. Imagino que mesmo eu estando dentro da minha casa, você possa me fazer mal.

Então quando te vejo, prefiro desligar tudo e ficar debaixo do edredom. Pelo menos assim não fico observando o seu brilho lá fora. Não consigo gostar de você, seu relâmpago malvado que sempre me assusta e me deixa com muito medo.


(Toda vez que chove é um festival de relâmpagos por aqui e eu não gosto disso, mas eles são sempre uma inspiração para os meus textos.)



Por hoje é só pessoal...
Beijinhos e até mais...

36 comentários:

  1. Adriana eu morro de medo de relâmpagos rsrs!
    Adorei o texto!
    Beijos ♥
    http://detudoumpoucosil.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Nice post!
    http://lafdiary.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. gente se me deixa viajando com esse tipo de post , realmente eu tenho muito medo de raios e o brilho dele me deixa com bastante medo rs
    beijos :) achei bem criativo seu texto



    http://www.loucaapaixonada.com/

    ResponderExcluir
  4. Que texto lindo Adriana! Também tenho muito medo de trovões!
    Beijos!

    estilodesobrababy.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Belo texto, gostei muito!

    http://gotasdecaffe.blogspot.com.br
    https://www.facebook.com/GotasdeCafeblog
    xxx

    ResponderExcluir
  6. vc deveria escrever um livro ilustrado muito bom quando leio parece que estou vendo vc escreve muito bem parabéns , bom amore tem post fofo lá no blog vem me visitar beijão .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E que quando escrevo, me lembro da cena e as palavras nascem. Bjus!

      Excluir
  7. Texto maravilhoso amei, tenha uma semana abençoada.
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=EgeQXJjUpSQ
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Amiga eu até acho bonito de ver, mesmo sabendo que é perigoso. O que eu morro de medo é do barulho... grito sempre!

    http://www.arianebaldassin.com/

    ResponderExcluir
  9. Essa dualidade de contexto ♥ Sabe o que eu mais amei, é que durante a leitura a gente pode tanto relacionar com relâmpagos ou então comparar com um certo amor..
    Adorei ♥
    beijos http://quintagaveta.com/

    ResponderExcluir
  10. Amei o texto. É bonito de ver, mais que é perigoso é. E morro de medo também rs.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. A minha filha tinha medo de trovão, aí eu disse pra ela que o trovão não era nada. Ou melhor, que o trovão é nada mais nada menos que o som do raio caindo. Ou seja, se ela ouviu o trovão, tem mais é dar graças a Deus, pq isso significa que ela não foi tostada pelo raio hehehe.

    Adorei teu texto !

    Beijo !

    | O Blog Que Não é Blog |

    | Canal no Youtube |

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei do que você contou para a sua filha. Bjus!

      Excluir
  12. Eu também não sou muito fá de relâmpagos,,,me dá medo,,rsss bjs
    www.antestardedoquenunca1.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Adorei o texto! :)
    Beeijos

    www.ataquedamodaa.com

    ResponderExcluir

Olá!! Muito obrigada pela sua visita...
Fique a vontade para fazer seus comentários e dar sugestões. Mas por favor, não utilize palavrões, ou qualquer tipo de preconceito e discriminação. Lembre-se trate as pessoas como você gostaria de ser tratado, com educação e respeito.
Deixe o link do seu blog ou outra forma de contato e assim que der, estarei lhe retribuindo, com minha visita.

Beijos e volte sempre !!!