23 de fevereiro de 2017

Descobrindo o seu estilo - parte 8


Mais uma vez fui chamada para ajudar uma amiga que iria num casamento e não sabia o que usar. A minha primeira pergunta é sempre: "qual é o seu estilo ou o que você gosta de usar?" A resposta é sempre a mesma e assustadora: "não sei."

Não foi uma tarefa fácil. Foi preciso ir em muitas lojas, encontrar uma cor que ela gostasse e que combinasse com ela. Depois tive que pensar nos acessórios, penteado, sapato. O bom é que ela gostou do look e arrasou no casamento. 

Por incrível que pareça, a parte mais complicada foi escolher o sapato. O modelo não combinava com o vestido, a cor era feia ou simplesmente não tinha o tamanho certo. Foi então que percebi o quanto o sapato pode fazer a diferença em todo o visual.

Então, aqui estou novamente com mais um post da série descobrindo o seu estilo e desta vez o tema é relacionado aos sapatos. Eles que estão sempre em nossos pés e que usamos todos os dias, mas nem sempre sabemos como combiná-los. 

A primeira questão é como será o look que irei colocar. Ele será esportivo, social ou mais descontraído? De acordo com isso é que o sapato deve ser pensado. 

Nem sempre é preciso usar um sapato com a mesma cor da roupa. A cor pode ser uma que está presente apenas na estampa, ser de uma cor que combine com o look ou ter uma cor neutra. As cores, inclusive nos sapatos, sempre fazem diferença no visual.


Além das cores, é possível investir num sapato estampado ou com muitas cores. Sempre prestando atenção se as cores e estampas estarão de acordo com a roupa. 

Não dá por exemplo para usar um tênis esportivo ultra, mega colorido com uma blusa estampada com mil cores e uma saia ainda mais estampada. Se nenhuma das estampas e cores não combinarem, o look terá muita informação e isso deve ser evitado. 

Procure também associar o estilo do look com o sapato. Se você está usando algo mais formal, então opte por sapatos que também são formais. Se o look é mais esportivo, o sapato deve ser esportivo. Esse é o jeito mais fácil de não errar. 

Você também pode optar por destacar o sapato e deixar o restante do look mais básico e discreto. E claro, sempre observe para aprender. Olhe nas lojas veja como são combinadas as peças e os sapatos. Você pode aprender muito apenas observando.

Na hora de comprar um novo sapato, tente escolher um modelo que combine com o maior número de roupas que você possui. Ok, nem sempre é possível, mas não custa tentar. E sempre busque pelo conforto.

Para que você saiba qual é o seu estilo precisa se conhecer, observar e escolher o que realmente irá usar, não porque é moda, mas porque representa o que você gosta. 



Por hoje é só pessoal...
Beijinhos e até mais...

22 de fevereiro de 2017

Compras de fevereiro 2017


Fevereiro chegou e com ele um calor de fritar ovo no asfalto. Só quero dizer que adoro o verão. Eu pude andar bastante, já que as chuvas se acalmaram. Não andei mais pela falta de tempo, mas estou me organizando para que o mês que vem seja diferente. 

Este mês fui em busca de alguns itens para o cabelo. Infelizmente não encontrei o que eu queria. Quando um produto é bom, é preciso paciência porque a minha cidade é pequena e acaba logo. Todo mundo quer comprar tudo. A minha caminhada valeu a pena, já que consegui encontrar alguns itens.

Finalmente consegui encontrar a queratina liquida da marca Niely Gold. O pote estava escondido, no meio de outros itens e era o último produto da prateleira. Olhei para os lados e peguei rapidamente, antes que aparecesse outra pessoa interessada. Paguei R$ 10,00



Fazia um bom tempo que eu procurava óleo de coco. Então o meu tio me falou a loja onde tinha o famoso óleo de coco. Como irei usar o óleo no meu cabelo, comprei apenas um sachê pequeno. Se eu gostar do resultado, volto e compro o pote maior. Paguei R$ 2,50. 



Resolvi tentar mais uma vez usar películas em minhas unhas. Comprei de uma amiga. Não resisti a fofura do Mickey e levei para casa. Se o resultado ficar bom, faço um post com a minha nail art de Mickey. Paguei R$ 3,00. 



Passei pela loja do chinês, onde sempre tem umas coisas inúteis, mas que eu adoro. São produtos da China e sempre encontro algo diferente. Desta vez, comprei um pequeno frasco que serve para colocar um pouco de perfume e levar na bolsa. Paguei R$ 6,00. 



Mais um item que encontrei na loja do chinês: brinco de acrílico. Eles são bem fofos e fiquei na dúvida na hora de escolher. Na dúvida, preferi comprar os dois. Um é de morango e o outro é um diamante colorido. Paguei R$ 2,00 cada um. 


E essas foram as compras do mês de fevereiro. 



Por hoje é só pessoal....
Beijinhos e até mais...

21 de fevereiro de 2017

Minha companhia perfeita


Era mais uma noite e eu só queria fazer uma coisa: assistir um filme. É muito bom ver um filme com a luz apagada e deitada na cama, sem pensar em nada e esquecer da vida. 

O filme começou. A história estava interessante e engraçada, do jeito que eu gosto. Eu vou ter que agradecer a uma amiga que me fez a indicação do filme. 

No meio do filme, pensei que seria o momento ideal para ter uma companhia. Olhei para o chão e Mário Eduardo não estava deitado na almofada dele. Esse gato adora passear à noite. Pausei o filme e fui pegar um copo de água. 

Na cozinha, encontrei algo e não era água. Era a minha companhia perfeita. Assim eu assistiria ao filme e também teria algo para me distrair nas partes chatas do filme. Voltei para a cama. 

Continuei assistindo ao filme, ri nas cenas engraçadas e quando percebi o filme já tinha acabado. O tempo passa rápido quando a gente se diverte.

Então, acendi a luz e olhei para a minha companhia, aquela que escolhi para me acompanhar durante o filme. Vi algo estranho. Ainda bem que o filme não era de terror, senão eu iria acreditar que era um monstro. 

Na verdade era um monstro, sim. Estava andando de um lado para o outro, sem rumo e sem direção. Eu só pensei em uma coisa: descartar aquela companhia e nunca mais comer goiaba no escuro, assistindo um filme de comédia. 


(Assisti um filme no escuro e comendo goiabas. Quando o filme acabou e acendi a luz vi um bicho no meio da goiaba. Aquele bicho me inspirou a escrever o texto de hoje).



Por hoje é só pessoal...
Beijinhos e até mais...