20 de setembro de 2018

Resenha: amido de milho da Skala


E mais uma vez comprei uma máscara da Skala. Dessa vez escolhi a máscara de amido de milho. Já percebi que não posso ver um pote da Skala que já quero comprar para experimentar. Cada uma dá um resultado diferente no meu cabelo. 

É uma máscara que pode ser utilizada como condicionador, co-wash, creme de pentear e pré-shampoo. Eu usei das 4 maneiras e o único jeito que não deu um resultado positivo no meu cabelo foi como creme de pentear. 

O meu cabelo ficou estranho, áspero, seco, enfim não gostei. Como o meu cabelo não gosta de creme de pentear, o resultado negativo não foi nenhuma novidade. Só que como condicionador, co-wash e pré shampoo, o resultado foi maravilhoso. 

O que diz a marca:
"Sabe aquele creme de tratamento que você vai usar em todas as lavadas? É esse! Impossível não se apaixonar! O Amido de Milho foi formulado especialmente para você que busca um aliado para todos os dias. Esse potão é ultra reparador, ajuda a fortalecer e dar brilho aos fios. E o mais INCRÍVEL de tudo está por vir, pode ser utilizado como Creme de tratamento e Creme para Pentear. É só passar e deixar o dia todo."



A embalagem:
É um pote enorme de 1000g. A tampa é bem fácil de abrir e fechar. Tem uma ilustração de uma mulher, em estilo retrô, no rótulo. 

Fragrância:
O cheiro é bem suave, agradável e doce. 

Textura e cor:
É uma máscara com uma textura leve e fluída, parecida com as outras máscaras da marca e se virar o pote, o produto pode cair. 

A cor é branca e não tem corantes.


Composição: 
Aqua, Cetearyl Alcohol, Cetrimonium Chloride, Stearamidopropyl Dimethylamine, Shea Butter Cetyl Esters, Zea Mays (Corn) Starch, Parfum, Methychloisothiazolinone (and) Methylisothiazolinone, Disodium ETDA, Citrie Acid, Cocos Nucifera Oil, Panthenol, Tocopheryl Acetate.

Pontos positivos: 
1- Hidratação e maciez
O cabelo fica bem macio, é uma sensação muito boa.

2- Preço 
Como todas as máscaras da Skala, essa também tem um preço bem amigo, considerando principalmente a quantidade enorme de produto. Paguei R$ 6,00. 

3- Brilho
O meu cabelo ganhou um brilho maravilhoso. Coisa linda de se ver. 

4- Vegana e liberada
Não possui ingredientes de origem animal e sua fórmula é livre de Sulfatos, Parabenos, Silicones, Petrolato e Óleo Mineral.



Ponto negativo:
1- Retirada do produto
Eu não aguento mais ter que usar colher para ter que pegar as máscaras. Parece que todas as embalagens de máscaras tem o mesmo problema. 



Compraria novamente?
Sim. Mesmo com o problema de ter que retirar a máscara do pote com a colher, compraria novamente. Vale muito a pena ter um potão desses em casa. Ela deixou o meu cabelo cheio de brilho e maciez. 

Agora me conta, você já usou a máscara de amido de milho da Skala? Gostou ou não do resultado? 




Por hoje é só pessoal...
Beijinhos e até mais...

19 de setembro de 2018

Tendência: bike shorts


E chega por ai mais uma tendência polêmica. Os bike shorts são aqueles modelos de shorts bastante populares nos anos 90, mas que agora chegam com uma maneira diferente de como eram usados antigamente. 

Se antes eram usados com moletons, tênis e camisetas, a proposta agora é outra. O bike shorts chega com uma pegada mais sofisticada, elegante e que não lembra nada aquele shorts mais comum de se ver em academias. 

Para deixar o look com bike shorts mais sofisticado é preciso acrescentar peças de alfaiataria, blazer, bolsas elegantes e até salto alto. Dessa maneira o shorts perde a sua característica mais esportiva. 

Se a nova tendência vai pegar, não posso dizer. Só sei que não é o tipo de tendência que me agrada e não irei usar. Mas, se você se sentir bem e confortável, aproveite e se joga para usar o bike shorts no próximo verão. 

Agora me conta, você usaria ou não o bike shorts com peças mais sofisticadas? Gostou dessa tendência? 




Por hoje é só pessoal...
Beijinhos e até mais...

18 de setembro de 2018

O meu estojo cheio de lápis de cor


Eu sou uma pessoa distraída, mas qualquer barulho ou som diferente pode me deixar bastante alerta. Talvez isso possa ser um problema porque a minha imaginação sempre imagina coisas inusitadas. 

Certo dia eu e a minha distração, fomos até o shopping. A melhor parte de ir até lá é que o supermercado é muito perto. Eu só preciso andar aproximadamente uma quadra. É bem perto e não me canso de fazer uma leve caminhada. 

Depois de um passeio pelo shopping, resolvi ir até o supermercado ver as guloseimas. Fui caminhando olhando para o céu, para as casas ao redor, para os carros que passavam pela rua. Eu estava calma até que ouvi um barulho. 

Só isso já foi suficiente para eu virar o pescoço e ver o que estava atrás de mim. O que vi não foi muito agradável. Continue andando, só que um pouco mais rápido. Nesse instante, percebi que o som atrás de mim estava mais perto. 

O desespero invadiu a minha alma. Não havia nenhuma pessoa por perto e o supermercado parecia que estava muito, mas muito distante, praticamente em outro continente. Pensei em correr, mas o medo estava paralisando as minhas pernas. 

Consegui entrar no estacionamento do supermercado. Não olhei mais para ver o que estava me seguindo. O meu objetivo era apenas entrar e me sentir protegida. Sim, consegui entrar e um alívio tomou conta de mim. 

Aproveitei para respirar com mais calma e caminhar lentamente. Eu não aguentava mais, andar tão rápido daquela maneira. Então, senti alguém falando algo que não consegui entender. Quando olhei quase morri de susto novamente. 

Era o mesmo homem que estava andando bem rápido atrás de mim, enquanto eu tentava chegar ao supermercado. Ele sorriu, falou algumas coisas e me entregou o meu estojo cheio de lápis de cor. Depois de algumas palavras, consegui entender o que ele estava me falando em espanhol.

Ele só estava me perseguindo porque eu deixei o estojo cair dentro do shopping. Como ainda não sabe falar muito bem o português não me chamou na rua, mas fez questão de entregar o estojo para mim. Sim, ainda existem muitas pessoas boas nesse mundo. 


(Perdi o meu estojo cheio de lápis no shopping, mas ainda bem que o homem que o encontrou me perseguiu só para devolvê-lo. Uma boa ação que me inspirou a escrever o texto de hoje).



Por hoje é só pessoal...
Beijinhos e até mais...